GAMESNINTENDOPCPLAYSTATIONRETROGAMESREVIEWXBOX

Sonic Mania – Review

O clássico voltou com força total!

LEMBRANDO UM POUCO DO PASSADO

Em meio a uma guerra de consoles, a SEGA batalhava palmo a palmo pelo mercado de games com a Nintendo. Além de um novo jogo, a empresa tinha como objetivo criar um novo mascote para SEGA e bater de frente com Mario Bros, o personagem de sucesso da concorrência.

Então, criado e produzido pela equipe AM8, o jogo Sonic Hedgehog foi lançado no mercado em 1991, e apresentava para os gamers, um ouriço azul com espinhos ao longo da cabeça e das costas chamado Sonic. Não preciso dizer que foi um sucesso. Passados 26 anos, depois de altos e baixos com a franquia, a SEGA faz o velho ouriço brilhar novamente.

UM PRESENTE PARA OS FÃS

Em pleno 2017, a SEGA presenteia todos fãs com um lançamento muito especial. Estou falando de Sonic Mania, que chegou para o PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, PC  e claro uma edição de colecionador sensacional.

Com o mesmo visual e dos velhos games do Sonic de 16 bits (2D), os desenvolvedores de Sonic Mania conseguiram reinterpretar a experiência que tínhamos nas velhas versões e conseguiram surpreender.

Logo na abertura temos um belo trabalho de Tyson Hesse, criador das HQs de “O Incrível Mundo de Gumball”, que dirigiu a animação e música de Hyper Potions. No melhor estilo cartoon do personagem, animação dinâmica e cores pastéis, veremos nossos heróis Sonic, Tails ou Knuckles em ação dando um brilho especial para o jogo.

ESCOLHA SEU HERÓI

Escolhemos entre Sonic, Tails ou Knuckles ou Sonic e Tails que traz algumas vantagens trabalhando em equipe. Vale lembrar que Sonic tem uma nova habilidade, o Drop Dash (ao pular, é só apertar e segurar de novo o botão de pulo para o Sonic sair rolando como bolinha em alta velocidade).

Nossos heróis estão de volta!

Feito a escolha, somos apresentados a uma série de níveis nostálgicos da década de 90 de forma idêntica as que já foram lançadas além de outras que foram ajustadas e atualizadas para surpreender todos jogadores. Ou seja, não se trata de um remake, mas uma reinterpretação original dos estágios que foram sucesso no passado deixando algumas fases maiores, mais elaboradas e novas armadilhas.

Dr. EGGMAN ESTÁ DE VOLTA

Sonic Mania começa com Dr. Eggman mais uma vez roubando uma coleção de gemas poderosas chamadas “Chaos Emeralds” e cabe a Sonic e seus amigos recuperá-las e derrotar Eggman. Caminhando pelos estágios, temos a noção de passar por lugares novos devido as mudanças chegando a transformar totalmente alguns antigos cenários.

As fases bônus estarão acessíveis em qualquer estágio e mudamos a visão para algo mais tridimensional, seja num cenário para capturar esferas azuis ou num local que permite movimentos em 360 graus, lembrando as fases bônus do Sonic 3 e Sonic CD.

OS MODOS DE JOGO

Temos o modo história onde teremos que enfrentar vários desafios para derrotar o DR. Eggman. O modo competição, onde podemos disputar com um amigo e a tela dividida (vence quem for o mais veloz e coletar mais anéis ou maior número de itens) e finalmente um modo secreto chamado Mode Knuckles.

TRILHA SONORA

Sobre a trilha sonora não há o que reclamar. Nesse quesito a SEGA soube como mexer com a paixão de todo fã de Sonic e ficou sensacional.  Com um tratamento especial, deixou a trilha sonora magnífica e logo de início encontraremos músicas clássicas dos antigos jogos e vários remixes com composições totalmente novas.

Além disso,  a trilha sonora de Sonic Mania será lançada numa edição especial em vinil (link oficial) com músicas selecionadas do compositor Tee Lopes com uma capa super especial (veja abaixo).  Além disso, pacote traz também uma capa interna com personagens do game, e um código de download para o álbum em outros formatos.

JOGABILIDADE

Sobre o controle, a SEGA não teve a preocupação de mexer em nada. Não houve qualquer mudança ou melhoria na jogabilidade de Sonic e como usamos o NintendoSwitch nos testes, tivemos uma reposta bem satisfatória dos controles sem qualquer problema.

Outro detalhe que vale lembrar, são algumas fases e mecânicas que não agradaram na época como por exemplo, a fase Sky Chase Zone, de Sonic 2 e o famoso autoscrolling com controles estranhos e irritantes. Mas é perdoável.

DETALHES TÉCNICOS

Como já dissemos, testamos Sonic Mania na versão do Nintendo Switch e notamos que o jogo roda tranquilamente em  60 quadros por segundo, exceto nos níveis de bônus onde essa taxa caiu ligeiramente.

Contudo, alguns usuários, encontraram um pequeno problema nessa versão ao tentar capturar a tela através do botão no Joy-Con, acessar o Menu Home ou usar o botão de Desligar. Acionando esses botões durante o jogo, há uma pequena demora para resposta, segundo o site Kotaku. Isso ocorreu mais no modo mais no modo portátil do que no modo TV. A SEGA já está ciente desse pequeno problema e logo teremos uma correção com certeza.

EDIÇÃO DE COLECIONADOR

A edição de colecionador para Sonic Mania faz qualquer fã que cresceu jogando Sonic, chorar de alegria ou tristeza (caso não consiga comprar).

O kit para os fãs colecionadores, vem numa caixa que que lembra a arte do primeiro jogo da série, traz um action figure de 30 centímetros do próprio Sonic sobre uma réplica do console de 16-bit!

Como se não bastasse pela beleza visual, emite aquele famoso som que ouvíamos no início de vários jogos da SEGA e para fechar o pacote, encontramos ainda um cartão metálico com o código de download impresso e um cartucho de Mega Drive, que esconde tem anel dourado.

O preço mais camarada que encontramos no Mercado Livre está em torno de R$ 450,00.

 

RECOMENDADO - OBRIGATÓRIO

Gráficos - 9.5
Sons - 9.5
Jogabilidade - 8.5
História - 8.5

9

Sonic Mania é o jogo que todo fã da franquia estava esperando.

Sonic Mania é uma agradável surpresa. O jogo traz a nostalgia dos games de 16bits com uma boa dose de modernidade. Trilha sonora inspirada nas versões clássicas e estágios bem trabalhados. Ainda não é a versão definitiva, mas é um exemplo de como trazer um clássico, modernizar e voltar a ser sucesso. Recomendo a todos que já curtiram Sonic e para quem nunca jogou no Mega Drive. Diversão garantida.

User Rating: 4.65 ( 1 votes)
Tags

Claudio Santos

Designer gráfico, Gamer, Retrogamer e formado em TI. Foi editor e criador das revistas "ULTRAJOVEM, GameOver, entre outras. Fã de bons games, anime, quadrinhos, filmes e séries. Aguardando GranTurismo Sport e detonando Zelda Breath of Wild e Final Fantasy XV.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close